Por

Inglês ajuda, porém não é requisito para aprender programação

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Precisa mesmo saber inglês para aprender programação? 

Jogo scrabble com as palavras School Learn em evidência - Saber inglês não é requisito para aprender programação

Essa é uma dúvida bem frequente em quem cria interesse em aprender a programar.

E a resposta é não. Saber inglês não é um requisito para quem deseja se tornar um programador (amador ou profissional).

Claro que saber a língua será útil em vários momentos na sua vida profissional como programador, até porque as palavras utilizadas nas linguagens de programação são em inglês.

Mesmo assim é possível que você aprenda os comandos para programar (em inglês) sem ter um certificado ou um nível avançado da língua.

Por exemplo, há várias palavras inglesas estão inseridas em nosso vocabulário no dia a dia.

Quem nunca tomou um “milkshake”

Ou deu um “like” em um “post” que amou no “facebook”?

Percebeu como algumas palavras entram em nosso vocabulário com facilidade? 

Assim como nós conseguimos decorar diversas palavras em inglês e utilizar na própria língua portuguesa, o mesmo pode acontecer com a linguagem de programação.

Exemplificando alguns comandos básicos

Quer ver como a linguagem de programação em inglês não é um bicho de sete cabeças?

Pessoa programando em um notebook - Comandos básicos da programação

Repare nesses comandos básicos bem comuns [em inglês]:

  • While → operador de repetição de comandos [Tradução: “enquanto que”]
  • For → operador de execução de comandos por vezes definida [Tradução: “por enquanto que”]
  •  If→ operador de condição [Tradução: “se”]
  • Else → caso a condição em “if” não for atendida, realizar outro comando [Tradução: “senão”]

Então, eu não devo me preocupar em saber inglês para começar a programar ?

Como dissemos, o inglês pode não ser um requisito para aprender programação, mas é bem útil, principalmente durante a sua carreira como programador.

Até porque, os principais materiais de estudo de linguagens e documentações para o programador são em inglês.

Logo, se você não souber inglês (pelo menos ter uma noção básica) terá que esperar que alguém traduza o documento ou livro de programação que você esteja precisando.

Mulher estudando algum assunto - Preciso de inglês para aprender programação?

Existem também alguns serviços de tradução, como o Google Tradutor, mas a tradução dele pode ser bastante literal e um pouco confusa quando utilizado para grandes textos.

Além disso, a maior parte dos programadores ou são do exterior ou são brasileiros, mas que sabem falar inglês e por isso, os fóruns costumam ter conversas em inglês, dificultando na hora de você tirar dúvidas ou compartilhar conhecimentos.

Outro fator é o mercado de trabalho do programador.

Além do fato de que trabalhar para clientes do exterior pode ser mais rentável (afinal, o pagamento é em dólar), os recrutadores consideram o domínio da língua um belo diferencial no currículo. 

Entretanto, para isso o seu inglês deve ser avançado a um nível que permita a comunicação e que o código esteja na língua de quem te contratou.

Conclusão

O inglês não é um requisito para que você aprenda a programar e por isso, você consegue começar tendo apenas uma noção básica.

Mesmo assim, ao longo de seus estudos e da sua carreira como programador, ele vai acabar se mostrando necessário.

Por isso, é interessante que você invista em aprender a língua para programar, pois isso fará diferença no seu futuro sem dúvida.

Que tal começar a programar hoje com o inglês básico mesmo?

Veja Mais

O que um programador não é?

Se você está pensando em se tornar um programador ou já iniciou na programação ou está buscando um novo caminho profissional, é

Mercado dos Carros Elétricos

Sempre tive curiosidade de saber mais sobre os carros elétricos, escutei histórias dizendo que carro elétrico é coisa velha desde a época

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *